Dieta para alimentação do cão doente

Faça um comentário »
cão idoso

Cão da terceira idade

Quando nós humanos ficamos doentes seja um simples resfriado das chamadas viroses a vários tipos de comidas especiais, feitas pela mamãe (rs), que podemos recorrer como sopas e chás.

Mas quando seu cachorro fica doente?

Escolhemos três problemas muito comuns e que pode está atingindo uma gama gigantesca de criadores e seus cães. Sim as refeições podem e deve ter atenção especial, alimentação adequada é parte fundamental da recuperação do seu animal de estimação, isso porque assim como para nós, seres humanos, a sensação de conforto também ajuda na reabilitação do seu amado bichinho de estimação.

Vale salientar que vômitos diarreia ou intestino preso podem ser sintomas de doenças que exigem tratamento com medicamentos que devem ser receitados pelo veterinário. Entretanto você, caro leitor do cadê cachorro, pode tomar medidas que vão estimular a recuperação de um cão adoecido, como alterações na dieta que falaremos a seguir, claro com uma boa dose extra de carinho.

  • Meu cachorro está com diarreia.

A perda de nutrientes neste caso é grande por isso é preciso cuidado com seu cachorro, se não ocorrer uma reposição dos nutrientes pela dieta (alimentação) o seu Cão esgotar as reservas que ele tem, fazendo com que falte nutrientes para as funções básicas do metabolismo. Os alimentos ricos em gorduras em fibras como Laticínios e grãos devem ser evitados pois tornaram a digestão mais difícil esteja atento também a falta de apetite esse quadro. Não é algo que temos de aceitar, errado pensar: “quando ele estiver melhor vai querer comer” – pois quanto mais tempo seu cachorro ficar sem se alimentar menores serão suas chances de recuperação deve ser feita a busca por um alimento que seja mais gostoso para ele, e o que pode ser ingerido vai variar conforme cada doença de seu cão.

  • Meu cachorro está com prisão de ventre.

Ausência de fezes, ou fezes secas e esforço intenso para defecar pode revelar o acúmulo no intestino de seu cão, para ajudar a reverter este estado é preciso auxiliar o trânsito do intestino do seu animal.

Uso de dietas contendo fibras solúveis ou suplementação pode fazer benefícios, pois elas atraem ou sequestram água para as fezes, facilitando a eliminação das mesmas pelo seu cão de estimação. A causa do intestino preso também pode ser uma desidratação, por isso é preciso aumentar a hidratação, oferecendo água fresca e limpa. Além disso Caldos caseiros, uma ração úmida de qualidade também ajuda. Porém uma nova dieta pode fazer com que ele não queira alimentação de antes, o animal fará de tudo para ficar com alimentos que agradar, Fica a dica!

  • Meu cachorro está com problema de vômitos.

Poupe o seu cão debilitado de atividades que gastam muita energia facilita na recuperação.

Quando o cão vomita o ideal e diminuir a quantidade de alimentos por refeição, em alguns casos até suspender por algumas horas. Alguns veterinários chegam a dizer que o grande problema é que nada consegue ficar fixo no estômago do animal. E o problema não para por aí, se o alimento não fixa no estômago, também não passa para o intestino que é responsável pela absorção de nutrientes, um importante componente do sistema imunológico aquele que previne doenças. Água de coco pode auxiliar nesse tratamento pois esse líquido contém muitos nutrientes além de reidratar repórter eletrólitos perdidos.

Faça um comentário »

Faça um comentário