Cachorro do Brasil – Cães da Raça Rastreador Brasileiro

3 Comentários »
 


Transporte

 


Cama cães

   


Rastreador Brasileiro

Muitos não sabem mais no Brasil foram produzidas raças de cães, embora a grande maioria das raças de cachorro que conhecemos seja estrangeira.
Um desses cães filhos do Brasil, é o cachorro da raça Rastreador Brasileiro, este cão foi desenvolvido no ano de 1950 pelo criador Oswaldo Aranha Filho, usando algumas outras raças típicas para caça ( Foxhound Americano, Walkerhound e outras incluindo outra raça nacional – Veadeiro Pampeano).

O objetivo era produzir um cachorro de coloração clara, com grande capacidade de caça e que pudesse ser versátil para trabalhar em condições adversas. O resultado foi um cão de olfato apurado e com grande capacidade de emitir sons, o que lhe conferiu o apelido de cão urrador.

Após 13 anos de trabalho a raça foi reconhecida internacionalmente, mas infelizmente em 1973 o cachorro da raça Rastreador Brasileiro foi considerado extinto, pois todos os cães, do único criador no Brasil, foram mortos devido a uma epidemia causada por carrapatos.

A esperança ainda continua, pois alguns descendentes do Rastreador Brasileiro podem ser encontrados sob o apelido de cachorro onceiro, pantaneiro e etc.

Artigos relacionado – Construção de uma nova raça
Fila Brasileiro, Origem e Comportamento
Cachorro Dogue Brasileiro

—-

-----------------------------------------------------------------------------------------------------
3 Comentários »

3 comentários

  1. Anonymous disse:

    Gostaria de saber se a cauda era cortada, pois tive uma cachorra bem parecida com a da foto e comprei já com a cauda cortada. Ela morreu com 12 anos da doença do carrapato. Eu pensava que era um cão perdigueiro. Ela adorava ficar cheirando e tentando pegar algo. Minha cidade é Maceió.

  2. Consbio - Consultoria disse:

    Olá esta foto do cachorro da raça Rastreador é apenas para ilustrar o texto com um exemplar da raça, visto que é um cão tão pouco conhecido.
    Ficamos felizes em saber que um possível descendente da raça viveu durante 12 anos em Maceió. Agradecemos sua visita :- )

Faça um comentário