Cães e Humanos: Uma história antiga de evolução da sociedade.

Faça um comentário »
Os cães surgiram a 40 milhões de anos, é o que mostra as evidências fósseis, e com o aparecer de formas diferentes eles acabaram colonizando o mundo.

Essa colonização começa da parte norte das Américas, passando pela Ásia e Sibéria, desenvolvendo novas formas para viver em novas regiões. Por exemplo cães de regiões frias não suam pelas patas como os demais cães, isso os faria grudar no gelo, seus pêlos grossos os faz ficar confortáveis mesmo no frío, pensando assim podemos dizer que encontrar formas e condutas corretas fez os cães sobreviverem.

A 5 milhões de anos os desertos eram mais freqüentes, então desenvolver um corpo pequeno habituado a dieta de insetos era vantajoso, mas com a chegada na América do Sul novas formas foram necessárias para sobreviver ao novo clima. Dentre os canídeos das Américas, o mais famoso é o lobo Guará, ele tende a ser muito desconfiado e uma de suas características são suas pernas longas, infelizmente é uma espécie em extinção no Brasil.
Mas apesar disso os lobos sempre estiveram presentes na formação das sociedades humanas, sempre houve tentativas de domestica-los e foi o que aconteceu com algumas espécies, por isso temos cães domesticados hoje e você pode até comprar filhotes pela internet, acessórios e livros sobre cães, pois bandos de lobos e humanos viviam em mesmo território estimulando a ação destes humanos em querer domesticar os cães selvagens.
Humanos primitivos roubavam filhotes de lobos e levavam para suas casas, é o que mostra o documentário – Cães, os melhores amigos do homem – desta forma os canídeos começaram a fazer parte do conviver humano, criando laços tão fortes que chegamos a encontrar restos humanos enterrados com seus cães de estimação, como você pode ver na foto do topo.
Faça um comentário »

Faça um comentário